Dermatologista orienta sobre cuidados com a pele durante exercícios ao ar livre

A prática de atividade física ao ar livre requer uma série de cuidados que vão desde a escolha da roupa, do calçado, até os cuidados com a hidratação e principalmente, com a exposição aos raios solares.

A 7ª Corrida da Advocacia acontece na tarde do próximo sábado, 12, com as largadas da categoria kids e adulto programadas para as 16h e 17h, respectivamente. E mesmo neste período onde o sol costuma estar mais ameno é indispensável a proteção da pele com o uso do filtro solar, essa é a orientação do Dr. Diego Correia, que é dermatologista.

“A Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) recomenda que em toda atividade física ao ar livre durante qualquer período do dia, se utilize não somente fotoproteção química como também fotoproteção física. Objetivando a proteção contra os raios ultravioletas UVA e UVB, que podem danificar a pele e levar ao desenvolvimento de um câncer de pele. A fotoproteção física é definida pelo uso de barreiras físicas contra os raios ultravioleta. Podemos citar o uso de bonés, chapéus, óculos escuros com proteção contra raios ultravioleta, as famosas roupas com tecido UV LINE, por exemplo. Já a fotoproteção química é representada pelos famosos filtros solares”, destacou o médico.

A escolha do protetor solar que mais se adéqua ao seu tipo de pele é importante, orienta o dermatologista. “Cada pele necessita de um tipo adequado de protetor, com o objetivo de evitar a famosa frase: ‘Doutor, esse protetor não ficou legal, minha pele ficou oleosa, irritada, ou então, ressecou minha pele’. Por isso a necessidade de uma consulta com seu médico dermatologista associado a SBD com intuito não somente de avaliar a sua pele, bem como a existência de doenças prévias”, ressaltou.

Fator de proteção – FPS

Segundo o médico, o fator de proteção vai de 2 a 99. “Esse valores representam a proteção contra os raios UVB, que causam queimaduras na pele. E o que significa FPS? A pele quando exposta ao sol sem proteção leva um determinado tempo para ficar vermelha. Quando se usa filtros solares com FPS 15, por exemplo, a mesma pele leva 15 vezes mais tempo para ficar vermelha, se for usado um filtro com FPS 30, levará 30 vezes mais tempo para ficar vermelha, e assim sucessivamente. Outra sigla atualmente presente e cada vez mais valorizada nos filtros solares chama se PPD (Persistent Pigment Darkening), que é o fator de proteção contra os raios ultravioletas UVA, radiação responsável pelo envelhecimento cutâneo. Recomenda se que o PPD corresponda a no mínimo um terço da proteção do FPS. Seguindo esta recomendação, se o FPS for igual a 30 (FPS=30), a proteção UVA deverá ser no mínimo, 10 (PPD=10)”, orienta.

A 7ª Corrida da Advocacia é uma iniciativa da OAB/SE, através da Caixa de Assistência dos Advogados de Sergipe – CAASE e tem o patrocínio do Portal Ciclo|Cers Aracaju, Legislar Imobiliária, Extramed, Mardisa Autos, Cohab Premium Imobiliária, Maratá e Constat. Acesse o hotsite da competição e saiba mais: www.corrida.caase.com.br .

COMPARTILHAR