Delegação Sergipana viaja para o II Jogos de Verão das Caixas do Brasil

Os atletas da advocacia sergipana deram início à viagem rumo ao II Jogos de Verão das Caixas dos Advogados do Brasil, que acontecerá de 9 a 14 de janeiro, em Vitória-ES. Após um café da manhã realizado na sede da CAASE, no início da manhã desta segunda-feira (8), a delegação seguiu para o Espírito Santo com 74 atletas, dois professores de Educação Física e um massoterapeuta.

Com equipes novas ou reformuladas especialmente para os Jogos de Verão, o coordenador de Esportes da CAASE, Madsom Rodrigo, conta que as expectativas são grandes entre as 11 modalidades disputadas. “Viajamos com uma preparação feita nos últimos três meses especificamente para as competições. Temos novos atletas, como no Jiu Jitsu, na Natação, no Vôlei de Praia, no Fut7 Feminino, na Sinuca e no Tiro ao Alvo, e também atletas mais experientes, como no Surfe, no Futvôlei, no Tênis com o campeão dos Jogos de 2017, e no Fut7 Livre Master, que já vai com muitas competições na bagagem. Vamos com a expectativa de subir ao pódio e aguardamos os resultados que iremos passando durante a semana”, informa.

O advogado Geraldo Vinicius Oliveira Nunes, jogador de Basquete há 13 anos, conta que começou a praticar o esporte junto à OAB com os Jogos das Caixas de Assistência do Nordeste, no início do ano passado. “De lá pra cá reunimos alguns advogados interessados e seguimos treinando, sendo tudo facilitado após o convênio da CAASE com o Clube da Caixa, que é o nosso atual local de treinos. As expectativas são as melhores possíveis e iremos brigar por medalhas no Espírito Santo”, afirma.

Para o advogado Nestor Joaquim de Góis Barros Júnior, que jogará as modalidades Vôlei de Praia e também Basquete, o esporte é um grande estímulo para o bem estar e a união com os colegas. “Para nós advogados, que temos uma vida corrida e estressante, a prática da atividade física e a interação com os colegas é extremamente importante, para o bem-estar físico e o psicológico. Nos preparamos e estamos indo com a maior delegação que Sergipe já enviou para os Jogos. A expectativa é voltar com medalhas”, diz.

COMPARTILHAR