CAASE encerra curso sobre ‘Noções Básicas dos Cuidados com o Idoso’

A Caixa de Assistência dos Advogados de Sergipe – CAASE realizou na tarde desta quarta-feira, 26, a terceira e última aula do curso sobre ‘Noções Básicas dos Cuidados com o Idoso’. Os participantes acompanharam as palestras nas áreas de fisioterapia, fonoaudiologia, psicologia e direitos trabalhistas, que foram ministradas por especialistas na sala da Escola Superior de Advocacia – ESA, localizada nas dependências da CAASE, na Travessa Martinho Garcez, Centro de Aracaju.

dsc_0246

A primeira palestra do dia com o tema ‘Prevenção de Quedas e Primeiros Socorros’, foi ministrada pelo fisioterapeuta e especialista em traumato-ortopedia, Dr. Jorge Alberto Vieira Junior. “Trouxe vários exemplos de como fatores de risco, a exemplo de tapetes, mesas de centro e até brinquedos espalhados pela casa, podem tornar o ambiente favorável às quedas da própria altura, as quais vitimam frequentemente os idosos. Desta forma, o cuidador, assim com os familiares devem estar atentos e tornar o ambiente o mais livre possível de objetos que possam potencializar o risco de acidentes. Também explanei a respeito das doenças que acometem os idosos e que acabam trazendo dificuldades de locomoção, entre outros fatores”, destacou.

dsc_0270

Na sequência, a fonoaudióloga Dra. Thatiane Côrtes Santos Morais, falou sobre ‘Alteração da Comunicação do Idoso’. “A depender da idade o idoso desenvolve algumas limitações na fala, a audição também já não é a mesma, e esses problemas afetam a comunicação com o próximo e até dificuldades na hora da alimentação. Isso porque, quando o aparelho vocal está fragilizado e o músculo já não tem a mesma força, até a deglutição dos alimentos se torna um ato difícil, que gera incômodo e em alguns casos dores na garganta. A atenção do cuidador é fundamental para que ele possa identificar esses sintomas, que são tratados através de exercícios passados pelo fonoaudiólogo para fortalecer as cordas vocais, e por consequência, o músculo, facilitando a fala, diminuindo a rouquidão e facilitando a deglutição”, enfatizou.

dsc_0351

Com o tema ‘Aspectos Psicológicos entre a Família e o Idoso’, o psicólogo e psicanalista Andrei Silva Ribeiro de Albuquerque, ressaltou a sensibilidade que o cuidador deve ter sobre as relações familiares. “Muitas vezes o idoso acaba se isolando do restante da família pelo fato de se sentir velho, fora do contexto social, ou mesmo a depender de alguma doença ou limitação que venha a ter. Outras vezes, é a própria família que acaba excluindo o idoso das atividades realizas no seio familiar, fato esse, que contribuiu e muito para esse isolamento, interferindo inclusive na evolução desse idoso caso ele esteja enfrentando alguma doença. O cuidador precisa ser sensível a esses conflitos e agir de forma a entender o contexto, e ajudar da melhor forma possível, tornando a rotina mais agradável e em alguns casos promovendo a integração do paciente com os demais”, disse.

dsc_0389

A palestra ministrada pela Dra. Célia Andrade, especialista em Direito do Trabalho e Processo do Trabalho, marcou o encerramento do curso. “Era de extrema importância trazer ao conhecimento dos participantes a questão do ‘Direito do Trabalho e a Lei do Empregado Doméstico’. Afinal, o cuidador de idoso quando exerce a função enquanto prestador de serviço, ou seja, foram do âmbito familiar, já que ele não cuida de um ente querido, mas presta esse serviço a terceiros, ele se torna um empregado doméstico, que deve ter os seus direitos respeitados, bem como deve cumprir com seus deveres”, destacou.

“Atuo como cuidadora de idosos e sou apaixonada pelo o que faço e pude perceber a paixão de cada um dos especialistas que compartilharam conosco seus conhecimentos. O curso foi maravilhoso, uma verdadeira atualização sobre as técnicas e procedimentos, além de outros cuidados como os apresentados na área da fonoaudiologia, que muitas vezes não são levados a sério ou mesmo ignorado pelos parente e cuidadores, e que pelo que aprendi fazem toda a diferença na qualidade de vida do idoso com necessidades especiais. Me sinto ainda mais preparada para dar continuidade ao meu trabalho”, afirmou a cuidadora Nana Cardoso.

dsc_04342

Ao final das atividades brindes foram sorteados entre os participantes e através da Assistência Social da CAASE, os interessados em atuar profissionalmente na área preencheram um cadastro para encaminhamento. “Como nossa diretriz é a de ofertar assistência aos advogados, advogadas e seus dependentes, em todas as atividades que realizamos e promovemos, nos sentimos no dever de também estender esse apoio a esses cuidadores, muitos deles já com experiência e outros cursos de capacitação, para que aqueles que estão em busca de uma oportunidade no mercado de trabalho, possam deixar seus dados e referências, para que então, eles sejam indicados, caso algum advogado, advogada ou dependente, necessite de uma pessoa para cuidar de um parente que necessite de cuidados e atenção especiais”, afirmou a presidente da Caixa de Assistência dos Advogados, Ana Lúcia Aguiar.

O advogado ou dependente que necessite contratar um cuidador de idoso pode entrar em contato com a CAASE através do telefone (79) 3211-8718 ou pelo email: [email protected]